sábado, junho 22, 2024

Criando uma alternativa de opinião para os acontecimentos atuais sob um ponto de vista cristão atemporal

Estudos Bíblicos

O homem e a Salvação – Parte I

Um círculo vicioso ?

A história do mundo é dividida por ciclos , por épocas ,  por períodos que tiveram acontecimentos que marcaram povos e nações. Foram guerras por conquista de poder , dinheiro e territórios  , catástrofes naturais que dizimaram civilizações , epidemias que transformaram etnicamente o mundo , descobertas e invenções que impulsionaram e alteraram as relações econômicas , revoluções culturais que mudaram o forma de enxergar o mundo. Porém com certeza , o maior marco na história foi a vida , morte e ressurreição de Jesus Cristo , que dividiu cronologicamente a medição do tempo utilizada pela grande maioria do mundo , pois temos um tempo antes de Cristo e outro tempo depois de Cristo.

Mais uma coisa podemos ter por certo , que mesmo tendo se passado milhares de anos , acontecimentos mais diversos tendo acontecido , temos como ponto central e imutável , a essência do ser humano agindo , influenciando , alterando e dando direção nos resultados históricos. O tempo e as condições históricas podem ser as mais diversas e diferenciadas , porém a essência do homem em nada mudou , a sua essência  continua a mesma. Por conta disto vemos que apesar das diferenças temporais , o mundo vive em ciclos que se repetem , como se fosse um circulo vicioso. De tempos em tempos situações se repetem , se mostram extremamente similares a acontecimentos anteriores.

A Palavra de Deus nos mostra em diversas passagens em que esta lógica é observada. O livro do Êxodo descreve com detalhes quando o povo de Deus vagou pelo deserto por 40 anos , os fatos iam se sucedendo desta forma. Deus agia e mostrava todo seu Poder e Glória , o povo reconhecia e o adorava , passado um breve período a descrença e murmuração se instalava , o Profeta de Deus intervia em favor do povo , o juízo e a justiça de Deus vinham diretamente dos céus para correção do povo , o povo reconhecia o Poder de Deus e voltava a adora-lo , e todo o processo começava de novo. De forma similar temos esta mesma situação ocorrendo e sendo descrita em todo o livro de Juízes , após o povo de Deus estar instalado na Terra Prometida. O povo vivia conforme os ensinamentos da Lei por um período de tempo , até o momento que achava atalhos e caminhos diferentes dos propostos. Neste momento Deus intervinha e ungia com o seu Espírito um escolhido . que tomava a frente de batalha e aniquilava os inimigos. O povo reconhecia a mão de Deus e rapidamente se voltava a adora-lo. Estas situações de transgressões e arrependimento se sucederam por aproximadamente 360 anos , e neste período Deus usou  como instrumentos seus,  12 pessoas ungidas e escolhidas ( 11 homens e 1 mulher ) para fazerem que o povo se mantivesse unido e com fé. O livro de Juízes termina em seu Cap. 21 , vers. 25 com uma triste constatação , que é relatado desta forma:” Naquela época não havia rei em Israel; cada um fazia o que lhe parecia certo”.

Vamos ter esta relação de transgressão e arrependimento acontecendo nos Livros de I Reis , II Reis , I Cronicas e II Cronicas , onde estão descritas as histórias dos reis de Israel e Judá. É uma sucessão de  capítulos em que a tônica do início dos relatos ,  sempre se dividiam entre: ” E fez o que era mau aos olhos do Senhor” ou ” E fez o que era bom aos olhos do Senhor”. Passados muitos anos e o povo de Deus continuava com altos e baixos em relação a Fé , Obediência e Adoração a Deus. O resultado de tudo isto foi desastroso , pois culminou , com a destruição do Reino de Israel e posteriormente com o Reino de Judá , a destruição da cidade de  Jerusalém e do templo , o exílio do povo na Assíria e Babilônia , a contaminação da  identidade hebraica.  Um preço muito alto a se pagar.

Jesus Cristo  veio como Senhor e Salvador , para alcançar o seu povo , para reconcilia-los com o Pai. Deu a sua vida por Amor , nos resgatou do pecado , nos mostrou o Caminho , nos deixou todos os ensinamentos , viveu entre nós como se humano fosse. Com Poder e Glória voltou ao Pai , nos enviou o Espírito Santo , para confirmar e testificar toda sua obra. Usufruímos da Graça redentora do Senhor em toda sua plenitude.

Neste ponto paramos. Temos que buscar uma reflexão mais profunda. Em que ponto nos encontramos desta história que infelizmente se repete? Estamos no alto ou no baixo? Na transgressão , na obediência ou no arrependimento? Estamos usufruindo da Graça para adorar a Deus ou para nosso próprio benefício? Estamos trilhando o Caminho ou buscando o atalho? Jesus é o nosso Senhor a todo o tempo ? Jesus é mesmo o nosso Salvador? Podemos ser chamados de seu povo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *